segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Tatiane Santos / TV Mogi News

Foto: moginews.com.br



Naturalidade: Itapetinga/SP

Data de Nascimento: 22/03/1984

Signo: Áries





Natural de Itapetininga, interior de São Paulo, Tatiane Santos já sabia que queria estar na TV desde pequena. Formada em 2003, estudou jornalismo na Universidade de Sorocaba e desde o segundo ano de faculdade já começou a estagiar na TV e em jornal impresso. Iniciou em uma TV local da sua cidade e nunca mais parou. Depois, ainda na universidade, passou em um teste feito em sala de aula para fazer parte de um pequeno grupo de estagiários na TV TEM, afiliada Rede Globo, em Sorocaba.

Logo estava contratada na TV Tem de Itapetininga. Passou por vários setores dentro da empresa e a que mais se identificou foi realmente o jornalismo. Da produção de programas e telejornais passou à reportagem e agora é editora e apresentadora do Telejornal Mogi News, na TV Mogi News, em Mogi das Cruzes.

A TV Mogi News tem 2 anos de vida e já faz história em Mogi das Cruzes e região pelo sucesso das duas edições dos seus telejornais ao vivo e dos outros cinco programas.


Fonte: Tatiane Santos

Um comentário:

  1. Lágrimas de Areia

    Lá estava ela, triste e taciturna.
    Testemunha de efêmeros conflitos,
    Com um olhar perdido no tempo,
    Não exigia nada em troca
    A não ser um pouco de atenção.

    Sentia-se solitária, oca,
    Os homens admiravam-na pelos seus dotes.
    As crianças, em sua eterna plenitude,
    Admiravam-na muito mais além...
    ... Mais humana!

    De sua profunda melancolia
    Lágrimas surgiram.
    Elas não umedeceram o seu rosto,
    Mas secaram o seu coração,
    O poço da alma,
    Aumentando cada vez mais
    A sua sede.

    Lá ela permaneceu; estática, paralisada!
    Esperando que o vento do norte a levasse
    Para bem longe dali!

    O dia começou a desfalecer.
    Seu coração, outrora seco e vazio,
    Agora pulsava em desenfreada arritmia.
    Desespero!
    A maré estava subindo...

    Em breve voltaria a ser o que era:
    Um simples grão de areia.
    Quiçá um dia levado pelo vento,
    Quiçá um dia... Em um porto seguro.


    Do livro (O Anjo e a Tempestade) de Agamenon Troyan

    SKYPE: tarokid18
    MSN: machadocultural@hotmail.com
    TWITTER: @episodiocultura

    ResponderExcluir